Anote na agenda: 7h44 do dia 21 de dezembro. O verão tem data e hora para começar, mas, para aproveitar ao máximo aquele belo bronzeado, uma das marcas (com o perdão do trocadilho) da estação mais quente do ano, é preciso cuidados. Confira as dicas das dermatologistas Tatiana e Thaís Jerez para encarar a maratona de sol sem percalços. Os cuidados valem para as mulheres e para os homens. O filtro solar deve ser usado sempre e em todas as áreas expostas ao sol. É preciso reaplicá-lo a cada duas horas e após o banho de mar e piscina. “Fator de proteção solar a partir de 30 é o ideal”, diz Tatiana. No verão, é comum exceder o tempo de exposição ao sol e acabar com a pela vermelha. Nesses casos, deve-se intensificar a hidratação. “Opte por produtos com substâncias calmantes na composição ou compressas geladas de chá de camomila para aliviar a sensação de queimação”, explica a dermatologista. Outra amiga dos cuidados pós-sol é a água termal. “Quanto mais vezes borrifar, mais rápido a pele irá se recuperar”, diz Tatiana.

Se surgirem bolhas, jamais puxe a pele, que pode ficar ferida. Elas indicam que a queimadura não foi apenas superficial. Para evitar sequelas e outras complicações, deve-se procurar um médico. Os nutricosméticos potencializam o bronzeado. Em geral, as cápsulas devem ser ingeridas uma vez ao dia, e funcionam como coadjuvantes – não substituem o filtro solar. Os cabelos também sofrem danos por causa da radiação ultravioleta. Falta de brilho, ressecamento, pontas duplas e frizz são alguns dos problemas listados por Thaís. “Produtos com filtro UV são sempre recomendados. Usar chapéus e viseiras protege e ainda garante um estilo ao visual.” Outra dica é evitar pentear os cabelos molhados, e não deixá-los secar com cloro ou sal, sempre tomando uma ducha de água doce na sequência. Essas substâncias abrem as cutículas dos cabelos, deixando-os mais sensíveis e danificados. Bronzeadores e fórmulas caseiras para acelerar o bronzeamento são proibidos. O risco de queimaduras graves é alto.

Vem chegando o verão...

Veja dicas de dermatologistas para ter um belo e duradouro bronzeado

MARCOS MENDES/ESTADÃO